ACELERAÇÃO DE EQUIPES

  • scrumaceleradora

Código de CRESCIMENTO

Atualizado: 21 de Out de 2019

Este não é mais um artigo sobre carreira. Quero falar de desenvolvimento (de código e de crescimento).


Pode até ser um artigo polêmico, mas é só a opinião de alguém que está ligada 24 horas na vida real de pessoas, e pessoas de dentro do vasto mundo da tecnologia.


Com a loucura desse mercado hoje, e as empresas buscando mais gente da área do que a população pode oferecer, parece fácil conseguir um excelente emprego e ficar rico como desenvolvedor ou outro especialista relacionado a tecnologia...


É, e não é.


Vou falar aqui um pouco de como eu vejo uma carreira de sucesso desses profissionais, e algumas opções que podem ajudar a caminhar para isso.


Realmente a inserção no mercado tech vem sendo mais fácil e a demanda por devs absurdamente maior do que em outros negócios. Falando sobre inserção, algumas observações:


Existem vários (quase a maioria, eu diria) profissionais da área que não fizeram, ou não completaram ainda, um curso superior. É uma tendência notável o quanto esse aspecto não é decisivo no momento de uma contratação. E digo mais, se você acha que fazer uma faculdade e concluir o curso já te garante, não se iluda.


O principal para começar é ter experiência PRÁTICA. Sabe aqueles adolescentes ou jovens que já começam a abrir computador à toa, desenvolver jogos, ter contato com suporte...? Já é um grande passo à frente!

Se você não é mais adolescente, não tem problema. Mas comece o quanto antes: projetos freelancers, pessoais, inclusive de faculdade são riquíssimos para aprendizado e evolução de uma característica valiosíssima...


Ser AUTO-DIDATA. Como as tecnologias mudam o tempo todo, alguém que corre atrás de aprender sozinho e constantemente já pega a dianteira.


Agora você já está no mercado. Trabalhando em uma empresa legal, com um salário acima da média de todos os seus conhecidos.


Não acabou!


Você com certeza vai ser abordado semanalmente por outras empresas parecidas, com propostas tentadoras.

Posso ouvir todas elas? Faz mal para a minha carreira ficar pouco tempo em cada empresa?

Sim. Sim.


Ouvir não faz mal. O feio que queima o filme é fazer leilão (participar de um processo seletivo até o fim só para receber uma proposta e negociar salário com a empresa atual).

O tempo que eu considero mínimo aceitável para uma experiência em uma empresa de tecnologia é um ano (mas só nesse mercado, pelas suas peculiaridades, nos outros tem que ser mais). Mas, mesmo assim, ficar pulando demais não dá... Construir uma carreira INTEIRA com experiências de um ano em cada empresa demonstra instabilidade.


E tem mais.


Para aguentar o rojão dos prazos apertados, os dias de virar noite terminando projeto, reuniões intermináveis, e ainda por cima CRESCER, tem que trabalhar algumas outras coisas...


Não vou falar que para construir uma carreira como desenvolvedor você tem que traçar seu objetivo para daqui 5 anos (como a gente ouve de vez em quando), porque nessa área não é bem assim... Esse mercado muda tanto que ninguém sabe o que vai acontecer daqui 5 meses, quem dirá 5 anos!!


Uma coisa você precisa fazer: decida se vai ser mais especialista ou generalista nas tecnologias, para ter uma atuação mais assertiva e uma postura mais decidida do que gosta e quer para os próximos passos. E ter noção sobre a linha de evolução que quer seguir também é legal, se mais para gestão ou técnica.

Só.


Mas no fim, o mais importante, mesmo para quem fica em casa home office escrevendo código, é ter uma boa interação com as outras pessoas. É enriquecedor, ajuda na qualidade do trabalho, ajuda no aprendizado. Participar de eventos, discutir com o time, pedir conselhos, propor ideias, é fundamental para qualquer área na verdade. Inclusive aumenta sua exposição junto aos gestores, e sua chance de ser visto e desejado por qualquer empresa aumenta proporcionalmente.


E isso é extremamente necessário para qualquer desenvolvimento (de código e de crescimento profissional).


Adriana Caixeta

Founder @ Scrum Aceleradora de Equipes

#crescimentoprofissional #desenvolvimento #tecnologia #carreira #desenvolvedor #desenvolvedora #mercadoti #equipe

4 visualizações