ACELERAÇÃO DE EQUIPES

  • scrumaceleradora

BACK-END: básico

Atualizado: 28 de Out de 2019

Todo mundo que conhece um pouco dos bastidores do mundo digital sabe que é um planeta um pouco diferente do que a maioria das pessoas entende, começando pelo dialeto próprio.

Linguagem, servidor, framework, Data Science... Mas, apesar do dialeto parecer complicado e ser pouco compreendido, a lógica e os encaixes são muito interessantes, e fazem total sentido pra qualquer um que queira aprofundar um pouquinho no assunto.


O tópico hoje é a programação e desenvolvimento back-end.

Basicamente, programação é mandar na máquina, dizer a ela o que fazer exatamente.

Para isso, existem 2 divisões práticas nessa programação: o front-end e o back-end.


O front-end é tudo o que você vê na tela e que conversa com você (o layout, as cores, as animações...), e que conecta o que você quer com os mecanismos internos da máquina.

O back-end é o que constrói esses mecanismos internos para que as reações da máquina correspondam às suas ações.


Isso tudo é feito através do que chamamos de código de programação, que são aquelas letrinhas que aparecem no computador quando dá algum problema, sabe?

Essas letrinhas não são simplesmente uma confusão por causa do erro, aquilo é fruto de uma linguagem escrita em código, que é o que comanda todo o sistema para que ele funcione. (No caso do erro, elas aparecem para você, mas elas existem como plano de fundo em tudo o que você faz).


Para escrever esses códigos, existem diferentes Linguagens, como se fossem idiomas mesmo, para que o que você está dizendo seja traduzido e a máquina entenda.

Hoje existem muitas linguagens, mas as principais e mais conhecidas para back-end são:

PHP, Python, Ruby, Java, C#, C, etc.


Outra coisa importante é a Lógica de Programação.

O negócio é que, além do tradutor, a máquina precisa de instruções de maneira lógica... Uma série de comandos que vão sendo executados para atender o objetivo final do usuário.


Essa sequência é chamada de Algoritmo.

O que acontece quando dá pau é que a sequência lógica ou foi interrompida, ou encontrou um bloqueio em que, por uma programação errada ou por falta de alguma instrução para aquele caso, não completou o comando. Então, quanto mais complexas as instruções e reações necessárias, mais difícil a lógica do algoritmo.


No fim das contas, a máquina é apenas um instrumento que obedece o que foi programado pelo ser humano (as pessoas esquecem isso de vez em quando).


E o back-end, mesmo atrás dos bastidores, é a peça fundamental que faz tudo isso acontecer!


#backend #tecnologia #desenvolvimento #programação #algoritmo #logica #scrumaceleradora #conhecimento

11 visualizações